Cerca de 3.000 atletas participaram na segunda prova de estrada mais antiga do país. Quenianos dominaram as ruas da cidade do Porto e triunfaram na 56ªVolta a Paranhos.

A tradição é para se manter! Esta é a melhor expressão para descrever a Volta a Paranhos, que se realiza a 56 anos e sempre no dia 08 de Dezembro. Este ano o tiro de partida foi dado pela ex-atleta portuguesa campeã olímpica Rosa Mota, dando início a uma corrida que para além do cariz competitivo promoveu uma missão de solidariedade, uma vez que a organização, Sport Comércio e Salgueiros, em parceria com a Missão Sorriso do Continente, ofereceu um cabaz alimentar à Cruz Vermelha Portuguesa por cada participante que chegou à meta, uma forma de proporcionar um Natal mais feliz às famílias carenciadas.

Mário Tavares - iPressGlobal-920Na prova masculina, o queniano Asbel Kpsang dominou a corrida do princípio ao fim, subindo ao lugar mais alto do pódio, com um tempo de 29m51s. 26 segundos depois chegou o atleta do SLBenfica José Moreira, ficando na 3ª posição Daniel Pinheiro do Maia AC com o tempo 30m18s .

No sector feminino, a queniana Correti Jepko cortou a meta em primeiro lugar, com o tempo de 32m56s, seguida de Cláudia Pereira da JOMA e de Marisa Barros.

REPORTAGEM E FOTOS: MÁRIO TAVARES - iPressGlobal
mario.tavares@ipressglobal.com
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.