A 76.ª edição da Volta a Portugal arranca a 30 de julho, em Fafe e termina a 10 de agosto, em Lisboa.

Este ano a Volta a Portugal em bicicleta conta com um pelotão de cerca de 150 homens, num total de 17 equipas que representam as mais diversas origens como a Rússia, o Japão, a Alemanha, o Equador, Espanha, a Colômbia e os Emirados Árabes Unidos.

Ao longo de mais de 1600 quilómetros, com finais de etapa marcadas para Castelo Branco, Maia, Braga, Santo Tirso, Viseu e Montalegre, os atletas lutarão por um lugar ao sol. Como habitualmente não faltaram os grandes nomes do ciclismo português, entre os quais Rui Sousa, Edgar Pinto, César Fonte, Manuel Cardoso e Vítor Gamito, entre outros.

As diversas etapas são marcadas por diversos terrenos, numa diversidade que promete momentos emocionantes pelo grau de dificuldades que exigem, nomeadamente a chegada a Braga, Montalegre, à Sr.ª da Graça e à Assunção, em Santo Tirso.

De referir o regresso de Gondomar como local de partida da 2ª etapa que terminará em Braga, cidade esta que regressa à Volta a Portugal depois de mais de quatro décadas afastadas desta competição. Igualmente novidade nesta nova edição da volta será a passagem pelo Bom Jesus e pelo Sameiro, nesta etapa intermédia.

Viseu continua a dar carta no ciclismo português, desde 2003 que serve a cidade serve de meta a diversas provas. Este ano, não só termina nesta cidade a 6ª etapa da Volta a Portugal, como será este o cenário do dia de repouso.

Em estreia nesta 76ª edição da prova está a cidade de Montalegre que desta forma recoloca trás- dos – montes no panorama do ciclismo português.

Aguardam-se 11 dias emocionantes de espectativa e muita adrenalina por terras portuguesas.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.