Com o  Campeonato do Mundo de Superbike MOTUL FIM nas suas férias de verão, a Yamaha Motor Europe anunciou que a sua Equipa Oficial WorldSBK da Pata Yamaha para 2019 mantém a mesma formação com o  holandês Michael van der Mark e o britânico Alex Lowes.

Ambos venceram corridas em 2018, e assim a dupla vai continuar a sua terceira temporada como companheiros da equipe Crescent Racing, aproveitando as sinergias entretanto fortalecidas.

Para van der Mark, a decisão foi fácil, uma vez que o jovem de 25 anos vai agora correr com a Yamaha pela terceira temporada consecutiva. Ao conquistar sua primeira vitória numa corrida espetacular no circuito de Donington Park que repetiu na 2ª corrida do circuito inglês, o holandês conquistou ainda sete pódios e está em uma confortável terceira posição na classificação do campeonato. A caminho da terceira temporada com a Yamaha, os objetivos são cada vez maiores.

Van der Mark (Pata Yamaha Official WorldSBK Team) : “Estou muito feliz por ter assinado a terceira temporada com a Yamaha. Confio neste projecto, a Yamaha acredita em mim como piloto e isso contribui para uma combinação forte. Por enquanto ainda estamos a trabalhar para melhorar, claro que fizemos um progresso significativo, ao ponto de estarmos a vencer corridas e a lutar na frente todos os fins de semana. Estou ansioso para continuar essa tendência e dar o próximo passo à medida que trabalhamos em direção ao nosso principal objetivo, lutar pelo título do Campeonato Mundial juntos “.

Para Alex Lowes, a sua vitória de estreia ocorreu no circuito seguinte no  Automotodrom Brno numa corrida onde dominou completamente. Alcançou ainda  três pódios e está em quinto no campeonato em 2018. O britânico está na equipa de Crescent Racing desde 2014, e vai tentar impressionar em 2019.

Alex Lowes (Pata Yamaha Official WorldSBK Team): “Estou muito feliz por continuar como parte do projeto, tendo estado envolvido desde que eles voltaram em 2016. Desde então, passamos por muitas coisas juntos, alguns altos, alguns baixos, mas foi ótimo ter conseguido minha primeira vitória nesta temporada, mas, é claro, esse sucesso significa que esperamos mais todos os fins de semana. Acredito muito neste projeto, minha ambição sempre foi o título e não acho que seja irrealista, dado o progresso que fizemos. Nunca gostei de correr tanto como nesta equipa e vou continuar a dar tudo para chegar onde a Yamaha quer. Obrigado ao Eric De Seynes, Andrea Dosoli e Paolo Pavesio da Yamaha e a Paul Denning da equipa por acreditarem em mim. “

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.