Início Atualidade Destaque do dia WorldSBK Phillip Island | Nicolo Bulega faz história com a sua primeira...

WorldSBK Phillip Island | Nicolo Bulega faz história com a sua primeira vitória

foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

A Corrida 1 do WorldSBK em Phillip Island proporcionou muita ação e momentos históricos com intensas batalhas entre os principais pilotos e manobras estratégicas durante a fase de paragem nas boxes entre as voltas 9 e 11.
Nicolo Bulega (Aruba.it Racing – Ducati) foi o protagonista da vitória na sua estreia no WorldSBK, conseguindo um feito notável ao ser o primeiro Campeão do Mundo a vencer na sua primeira corrida do SBK, um feito sem precedentes na história do campeonato.

Andrea Locatelli (Pata Prometeon Yamaha) mostrou um ritmo e estratégia impressionantes para conquistar o segundo lugar. Fazendo um regresso sensacional às corridas, Andrea Iannone (Team GoEleven) assegurou o terceiro lugar depois de liderar na fase inicial da corrida. Locatelli e Iannone completaram um pódio totalmente italiano, repetindo um marco alcançado pela última vez em 1993.

Alex Lowes (Kawasaki Racing Team WorldSBK) demonstrou forte competitividade, terminando na quarta posição, seguido de perto por Toprak Razgatlioglu (ROKiT BMW Motorrad WorldSBK), que inicialmente cruzou a linha em quarto, mas foi despromovido para quinto.

Álvaro Bautista (Aruba.it Racing – Ducati) teve dificuldades em encontrar o seu ritmo, acabando por terminar na 15ª posição depois de uma queda, enquanto as dificuldades de Jonathan Rea (Pata Prometeon Yamaha) persistiram e ele cruzou a linha de meta fora dos pontos, na 17ª posição. O australiano Remy Gardner (GYTR GRT Yamaha WorldSBK) teve azar durante a corrida, uma vez que uma colisão com outro piloto levou a um abandono precoce.

Nicolo Bulega (Aruba.it Racing – Ducati )- P1  “Talvez seja o melhor dia da minha vida! É difícil de acreditar, mas é algo incrível; andei a sonhar com isto durante muitos meses, mas agora é realidade. Fiz a pole position, ganhei a minha primeira corrida e consegui o recorde de volta. É algo especial que nunca vou esquecer.
Comecei a chorar um pouco e depois tive boas emoções quando vi todos os meus rapazes na linha de meta e todos eles com um grande e incrível sorriso. Foi muito bom para mim. É incrível porque esta equipa é como a minha segunda família e sempre acreditou em mim. Quando vim para cá da Moto2™, estava num mau momento, mas eles continuaram a acreditar. Este é o meu terceiro ano com eles e começámos de uma forma muito boa. Vou tentar continuar a dar-lhes muitos sorrisos. Estou pronto para a minha primeira Tissot Superpole Race e vou tentar dar o meu melhor.”

SEM COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentárioCancel reply

Exit mobile version