Início Motores WorldSBK Phillip Island | Team HRC : Xavi Vierge termina nos pontos...

WorldSBK Phillip Island | Team HRC : Xavi Vierge termina nos pontos domingo caótico

foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

A Equipa HRC e o piloto Xavi Vierge concluíram uma desafiante abertura de época do WorldSBK no Circuito de Phillip Island, na Austrália. Vierge cruzou a linha de meta em décimo segundo na corrida Superpole e em décimo terceiro na Corrida 2. Iker Lecuona não participou na corrida do fim de semana depois de ter lesionado o ombro durante os testes no início da semana.

Depois de uma breve sessão de aquecimento durante a manhã, Vierge estava pronto para a corrida Superpole às 13h00 locais (CET+10). O sprint de dez voltas decorreu em condições quentes e soalheiras (temperatura do ar 25°C, temperatura da pista 39°C) e rapidamente se transformou em mais uma batalha, com os dez primeiros a terminarem a cinco segundos uns dos outros. Em décimo primeiro na primeira volta, o piloto da Team HRC viu-se integrado num grupo de quatro pilotos que lutavam para chegar aos dez primeiros. Embora tenha conseguido baixar os seus tempos por volta à medida que a corrida de sprint progredia, o espanhol perdeu algum terreno na segunda metade, acabando por cruzar a linha em décimo segundo.

Tal como ontem, a corrida de 20 voltas de Superbike foi dividida em duas, com uma paragem obrigatória nas boxes, durante a qual os pilotos tiveram de mudar de pneus. A corrida teve início uma hora mais tarde do que o previsto, depois de um incidente numa das corridas ASBK anteriores ter obrigado à limpeza de uma secção do asfalto. Xavi estava em décimo terceiro na fase inicial, mas a corrida foi interrompida no início da quarta volta quando Jonathan Rea sofreu um acidente na Curva 12. A corrida foi reiniciada pouco tempo depois, mas reduzida a apenas onze voltas, sem necessidade de paragens nas boxes. Vierge voltou a arrancar de décimo terceiro e estava em décimo quarto na primeira volta. Integrado num grupo de quatro ou cinco pilotos, o espanhol conseguiu manter um ritmo semelhante ao dos pilotos da frente, mas teve dificuldades em recuperar posições, acabando por cruzar a linha de meta em décimo terceiro e somar mais três pontos para o campeonato.

Com a ronda 1 do campeonato WorldSBK de 2024 agora concluída, a ronda 2 terá lugar no fim de semana de 22-24 de março no Circuito de Barcelona-Catalunha, o que significa que Lecuona tem aproximadamente três semanas para recuperar da lesão no ombro. Lecuona vai continuar a sua reabilitação nas próximas semanas, com o objetivo de estar totalmente apto a tempo da ronda em casa.

Xavi Vierge (Equipa HRC):”Não podemos estar contentes, claro, mas esta é a nossa realidade neste momento. Como equipa, trabalhámos bem durante as sessões de testes e o fim de semana de corrida. Como já referi, a sensação na moto não é má; gosto de a pilotar. Mas não somos tão rápidos como os outros. Continuamos a ter muitas dificuldades nas curvas e nas viragens, o que torna a luta com os outros pilotos incrivelmente difícil, porque temos constantemente de recuperar terreno na travagem. O meu ritmo não é muito mau quando estou sozinho, mas quando tenho de lutar com outros tenho dificuldades, porque numa batalha é difícil manter as linhas perfeitas. E andar assim coloca muito stress nos pneus. Todos os anos, o nível do campeonato aumenta e mesmo os pequenos pormenores podem fazer uma diferença significativa em termos de desempenho e resultados. Dito isto, estamos conscientes da situação e sabemos que temos de continuar a trabalhar e tentar encontrar uma solução, possivelmente a curto prazo.”:

SEM COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentárioCancel reply

Exit mobile version