foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK) conquistou a sua primeira vitória da temporada 2022 do MOTUL FIM Superbike World Championship. É a quinta vez na carreira que vence a corrida de abertura da temporada. Nos seguintes lugares do pódio foram ocupados por Alvaro Bautista (Aruba.it Racing – Ducati) e Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha com Brixx WorldSBK), com o piloto da Ducati a dar luta até às duas últimas curvas:

Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK): “Tive de trabalhar muito duro e durante toda a corrida. Foi uma corrida muito emocionante. Sabia que seria difícil desde o início com Toprak e Alvaro. Estávamos no limite na escolha do pneu. Eu não tinha certeza de ser a escolha correta. Honestamente, nos anos anteriores, nunca tínhamos  usado o pneu SCX  neste tipo de condições. Consegui gerir a corrida muito bem.”

Bautista cruzou a linha de chegada em segundo a apenas 0,090s do vencedor e conquistou seu primeiro pódio com a Ducati desde Losail 2019. Começou da melhor forma com um holeshot. Depois de lutar com Razgatlioglu e Rea, Bautista teve um grande momento que permitiu que Rea voltasse para a curva 1 no início da volta 10. O piloto espanhol conseguiu manter-se na luta pela vitória até às duas últimas curvas quando Rea conquistou a vitória.

Alvaro Bautista (Aruba.it Racing – Ducati): “Lutar novamente pelas primeiras posições depois das duas últimas temporadas foi muito importante para mim. Com Jonathan, passei por ele muitas vezes, mas não queria arriscar demais. Tentei até a última curva porque podia ultrapassá-lo na longa reta, mas depois perdia muita aceleração em todas as curvas e, especialmente, na última curva onde Rea levou a melhor.”

O atual campeão de SBK Razgatlioglu fez a P3 a  5,4s de Rea

Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha com Brixx WorldSBK):“Não foi uma corrida fácil para mim. Depois da pole position, dei o meu melhor. Lutei pela vitória nas primeiras voltas. Mas durante as últimas nove voltas, comecei a perder posições. Meu pneu dianteiro estava a fugir e comecei a deslizar. Amanhã, vou tentar novamente lutar pelas primeiras posições.”

 Quarto na Corrida 1, terminou a cerca de cinco segundos de Razgatlioglu. O italiano lutou no grupo da frente na primeira metade da corrida, mas acabou isolado:

Michael Ruben Rinaldi (Aruba.it Racing – Ducati):“No fim, o quarto lugar é um bom resultado. Lutei durante toda a corrida com a moto, temos que melhorar as configurações da moto, especialmente nas curvas, porque luto com falta aderência nas curva. Consegui ficar com os melhores durante metade da corrida, mas depois não pude arriscar muito.”

Em quinto lugar a cinco segundos de Rinaldi:

Andrea Locatelli (Pata Yamaha com Brixx WorldSBK) : “Esta pista não é fácil para nós. Precisamos trabalhar um pouco para amanhã para tentar ficar perto e tentar estar no pódio.”

 Completando os seis primeiros na sua primeira corrida de SBK:

Iker Lecuona (Team HRC) :“Muito bom começo aqui em Superbike. Eu não esperava esta sexta posição. O objetivo era ser P7 ou P8. O ritmo que tive nas primeiras voltas,  não esperava. Aprendi muito durante a corrida. Tentei seguir Locatelli, mas ele foi mais rápido que eu. A moto tem muito potencial. Precisamos trabalhar e continuar melhorando”. O seu  companheiro de equipa Xavi Vierge terminou em sétimo lugar na sua estreia nas SBK.

Resultados Corrida 1 – SBK

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui