Depois da prova da semana passada em de Aragon, a Ducati continua como o fabricante com maior sucesso na pista espanhola, com 9 vitórias e 3 poles position no Circuito de Aragon. Durante a prova de Aragon, o construtor italiano conseguiu 3 posições no pódio, o que perfaz um total de 22 na arena espanhola para a Ducati, com menos um pódio  que os seus rivais da Kawasaki. A última pole para a Ducati foi em 2019 com Alvaro Bautista.

A Kawasaki é o segundo fabricante mais galardoado em Aragon. Já venceu sete vezes sendo a sua última vitória em 2020, com Jonathan Rea quando venceu a Tissot Superpole Race e a corrida 2.  Rea também conquistou a última pole position na semana passada em Aragon, a sua primeira na pista espanhola, perfazendo um total de cinco poles em Aragon para a Kawasaki com um total de  23 lugares no pódio. O fabricante japonês tem como objetivo mais vitórias na prova de Teruel para passar à frente da Ducati nas estatísticas em Aragon.

Três vitórias em Aragon colocam a BMW em terceiro lugar no ranking de fabricantes. A última vitória aconteceu em 2013, através de Chaz Davies que venceu as Corridas 1 e 2.O fabricante alemão tem cinco lugares no pódio no circuito espanhol, conquistados por Marco Melandri e Chaz Davies em 2012 e 2013. Na última semana em Aragon 2020, o seu melhor resultado foi o 14º lugar de Tom Sykes na Corrida 2. Depois destes decepcionantes resultados a BMW está empenhada em melhorar os seus resultados.

A Yamaha obteve uma vitória na pista espanhola com Marco Melandri na Corrida 1 em 2011, a primeira corrida de sempre no MotorLand Aragon. A sua última pole position foi conquistada no mesmo ano, também pelo  piloto italiano. O fabricante japonês arrancou  cinco vezes na primeira fila, a última através de Loris Baz na prova de Aragon da semana passada. O último pódio da Yamaha na arena espanhola foi em 2020 com Michael van der Mark que terminou em terceiro na Tissot Superpole Race. O fabricante japonês também tem como objetivo melhorar as suas estatísticas na pista espanhola.

O último pódio da Honda foi em 2020 com Alvaro Bautista o terceiro lugar em Aragon corrida 2, terminando um jejum de quatro anos do pódio do fabricante japonês. Isto perfaz um total de quatro pódios da Honda na etapa espanhola. Com o pódio de Alvaro Bautista e o ritmo sólido de Leon Haslam em Aragon no fim de semana passado, a Honda espera outro fim de semana positivo com a nova Honda CBR1000RR-R Fireblade SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui