Razgatlioglu conquistou a sua quinta vitória em seis corridas após duas vitórias no domingo no Most Encontra-se em terceiro na classificação do Campeonato, mas encurtou a diferença para 7 pontos para o 2º Rea, e 38 para o líder Bautista.

P1 – Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha with Brixx WorldSBK): “Na corrida 2, tive um bom ritmo e não acabei com o pneu traseiro. Segui o Jonny e o Alvaro, e comecei a sentir que o Alvaro era um pouco rápido. Passei o Jonny e depois fiquei a lutar com o Alvaro porque ele era muito rápido na reta. Em algumas curvas era muito rápido, em outras era muito lento. Passei por ele e depois rodei muito melhor, mais relaxado e fiz uma volta muito boa. Estou sempre a tentar trajetórias diferentes porque em alguns setores, o Alvaro era muito rápido e em outros é muito lento. Ultrapassei-o na curva 2 e depois ele  passou-me de novo na reta, mas a reta é importante para mim porque precisava de uma boa saída. Quando estava à minha frente, era mais rápido, mas se estava à frente dele, era ultrapassado, assim era mais fácil para mim, ultrapassá-lo nas travagens fortes.”

Bautista terminou em segundo e conquistou o seu 16º pódio da temporada. Continua  líder do Campeonato com 298 pontos conquistados nas primeiras seis provas do campeonato de 2022.

P2 – Alvaro Bautista (Aruba.it Racing – Ducati): “É fácil de ver na reta, mas também depende muito de como se sai da última curva. Acho que minha velocidade de saída da última curva era  mais rápida que a de Jonathan e Toprak. Tinha mais velocidade de saída e por mais fácil ultrapassá-los. Como se pôde ver em todas as mudanças de direção, estava um pouco mais lento do que eles, perdi um pouco a tração. Estou feliz porque tentamos tirar o máximo dos pontos positivos da moto e tentamos não perder muito nos pontos mais fracos.”

Rea terminou em terceiro a 2,833s do vencedor e conquistou o seu 230º pódio. Encontra-se em segundo lugar na classificação a 31 pontos de Bautista.

P3 – Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK): “Em geral, senti-me muito bem até talvez a seis ou sete voltas do fim. Estava a dar tudo e a ter algumas escorregadelas na frente, algumas com a mota inclinada. Foi uma corrida muito física e o ritmo deles no final era melhor que o meu, não pude fazer muito mais. Mas não nos arrependemos porque a configuração da moto estava melhor do que ontem, definitivamente melhoramos – especialmente em comparação com o ano passado em Most. Senti-me muito mais no controlo e gostei da moto e do circuito este ano, mas não o suficiente. Parabéns a Toprak e ao Alvaro; foi uma boa corrida ”.

Depois de lutar com Bassani, Redding terminou fora do pódio. É a sua quinta vez entre os seis primeiros nas últimas seis corridas.

P4 – Scott Redding (BMW Motorrad WorldSBK Team) :  “O fim de semana foi muito bom. É bom que continuemos os avanços de Donington. Era um grande ponto de interrogação e fizemos respondemos aqui. Foi ótimo conseguir o primeiro pódio numa corrida longa. Foi importante para mim e para a equipe. Na Superpole Race, cometemos um pequeno erro com o pneu. Fomos com o zero, mas estava no limite. E a primeira curva foi um desastre. Mas fizemos bem em voltar e na última corrida desta tarde senti-me bem. Tive um começo muito bom, tive alguns contactos com outros pilotos que me fizeram perder o grupo da frente. O ritmo não era mau, mas os três primeiros tinham um pouco mais de ritmo do que eu. Mas estou feliz com o progresso e é isso que estou procurando para a segunda parte desta temporada.”

Bassani lutava pelo pódio antes de cair para o quinto lugar. O piloto italiano conquistou três quintos lugares ao longo da prova Checa.

P5 – Axel Bassani (Motocorsa Racing) : “Estou muito feliz com o fim de semana com os três primeiros cinco. É incrível, é um dos objetivos que queria alcançar. Estou muito feliz com o trabalho que fizemos; somos muito consistentes e espero continuar assim o resto da temporada. Também espero que, possamos vencer as motos azul, a vermelha e a verde à nossa frente! Estamos aqui para fazer um bom trabalho e tentamos fazê-lo!”

Locatelli conquistou o sexto lugar depois de aproveitar o problema técnico de Gerloff.

P6 – Andrea Locatelli (Pata Yamaha with Brixx WorldSBK) : “Melhoramos um pouco em relação à última corrida, mas a expectativa era maior para mim quando chegamos aqui porque me lembro que o ano passado foi melhor, estou um pouco triste porque quero mais. Foi outro fim de semana difícil, porque não conseguimos bons resultados para mim, apenas o P6. Precisamos verificar os dados para entender o que podemos fazer e também o que posso fazer. Agora temos um mês de intervalo, tempo para tentar perceber tudo e recomeçar em Magny-Cours porque é importante para o campeonato, tentar obter bons resultados. Honda e BMW estão a chegar, assim precisamos de melhorar para ficar à frente. Estamos prontos e estamos aqui para isso – é nosso trabalho. Quero melhorar, diminuir a diferença para os três primeiros e ter a oportunidade de conseguir alguns pódios.”

Resultados corrida 2     Classificação Geral campeonato WSBK

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui