foto: ALPHA ONE MEDIA / CHRISTOPHER REEVES

As SBK voltam a Donington Park  o lendário circuito da história do Campeonato, já que foi no  circuito britânico que se realizou  a primeira prova  das SBK em 1988.

A prova no Reino Unido de 2022 terá o Prosecco DOC como o principal patrocinador do evento, sendo o consórcio de vinhos italiano o Patrocinador Oficial do MOTUL FIM Superbike World Championship desde 2013, com a famosa bebida a ser utilizada nas celebrações do  pódio.

Um leilão Two Wheels for Life Charity Auction regressará  ao palco do Paddock Show no Prosecco DOC UK Round. Os fãs de SBK poderão comprar roupas e vários artigos doados e assinados pelas estrelas do Campeonato com o objetivo de  promover o projeto de caridade Two Wheels for Life. Todos os fundos gerados através dos leilões irão para os programas Riders for Health, que salvam vidas nas áreas mais pobres e remotas da África, onde as motas são predominantemente usadas para fornecer os cuidados vitais de saúde.

Pela primeira vez, haverá atividades com os pilotos na sexta e no sábado em prol da caridade, além da receita com o Rider Concert no sábado, que verá uma série de pilotos a cantar pela causa. O guitarrista de rock italiano Giulio Maceroni estará no palco com o show Rock n Road durante os três dias do evento. Com o paddock totalmente aberto, os fãs também serão brindados com inúmeros momentos em palco de estrelas do passado e do presente do Worldsbk.

Eis as palavras dos protagonistas antes do Prosecco DOC UK Round

P1 – 220 pontos
Alvaro Bautista (Aruba.it Ducati Racing): “O nosso objetivo é ir para Donington, sem expectativas. Lembro-me de há três anos, com a Ducati, tivemos alguns problemas e lutei mais do que em outras provas para ser mais competitivo. Mas, felizmente, agora é diferente. Conheço muito melhor a moto e os pneus. Além disso, a moto melhorou. Vamos tentar dar o máximo em todas as circunstâncias, pois sabemos que o clima  lá é sempre complicado. É provavelmente a pista mais difícil para a Ducati e para mim. Além disso, os pilotos ingleses em Donington são muito rápidos.”

P2 – 184 pontos
Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK): “Donington Park é uma corrida muito especial para mim porque é a minha corrida em casa. Tenho muitas lembranças muito boas. Adoro o circuito, especialmente os primeiros dois setores, são muito rápidos e fluidos, com um último setor muito diferente. Afinar a moto é um compromisso,  procuramos agilidade no primeiro setor mas também uma moto muito estável e boa nos travões para o último setor . Acho que este circuito se adapta muito bem à nossa moto. No passado temos sido muito fortes. Também espero muito apoio em casa e estou ansioso pelo fim-de-semana. Depois de Misano, vai ser bom voltar a uma pista em que podemos ser fortes. Claro que o objetivo é conseguir o maior número de pontos possível, mas espero poder deixar em casa, todos os meus fãs orgulhosos e fazer um grande espetáculo.”

P3 – 141 pontos
Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha with Brixx WorldSBK): “Em Misano, no domingo, fizemos grandes avanços com as configuração da moto e gostei muito da Superpole Race – a minha primeira vitória da temporada foi boa, mas preciso de mais! Estou feliz por estar a correr com o meu estilo e desfrutar. O ritmo de corrida foi incrivelmente rápido, por isso espero que possamos continuar em Donington a lutar de novo pelas vitórias. Adoro a pista de Donington, é uma das minhas favoritas com travagens fortes e um bom ritmo da alta velocidade no setor final, além disso, também memórias muito boas do ano passado e do anterior. Terminámos bem Misano e sinto-me pronto para a prova do Reino Unido. Tenho muita motivação para vencer, estou animado para voltar a correr de novo na sexta-feira de manhã.”

P4 – 108 pontos
Andrea Locatelli (Pata Yamaha with Brixx WorldSBK): “Vamos tentar chegar a Donington prontos para conseguir um bom resultado e também tentar melhorar nesta pista porque não foi a minha melhor pista no ano passado. Mas estou confiante de que podemos melhorar este ano.”

99 points
Iker Lecuona (Team HRC): “Tivemos um mês entre a prova italiana e a do Reino Unido, mas não exatamente com pouca ação. A verdade é que tivemos as semanas bastante ocupadas, com um teste em Donington, um em Misano e um no Japão para as 8 horas de Suzuka! Quanto a Donington, estou muito feliz por termos vindo, assim pude sentir o primeiro contacto com a pista. É diferente e também muito difícil fisicamente falando, com algumas curvas totalmente cegas, mas também é uma pista muito divertida.  Gostei do layout para ser honesto e sem dúvida a poria entre as minhas pistas favoritas no mundo. Tivemos bom tempo e basicamente usámos a sessão para aprender a pista para que, no fim de semana de corrida, nos possamos concentrar totalmente na moto desde o primeiro treino de sexta-feira.”

Horários Prosecco DOC UK Round

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui