Foto: WorldSBK

Um fim de semana em cheio para  a Aruba.it Racing – Ducati team no Prosecco DOC German Round com Chaz Davies a  ganhar as duas corridas e o seu colega de equipa Marco Melandri, a fazer pódio na corrida 2 no domingo passado. O líder do campeonato  Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) fez segundo nas duas corridas.

No domingo foi talvez a mais impressionante das duas vitórias de Chaz Davies, que partindo da nona posição da grelha de partida, devido aos novos regulamentos que impõem que o vencedor da corrida anterior arranque dessa posição, fez uma partida perfeita, sempre ao ataque assumiu a liderança à 11ª volta, que manteve até final, mesmo quando começou a cair uma chuva ligeira e obteve assim a sua sexta vitória do ano, não dando hipóteses ao líder do campeonato Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) que terminou na 2ª posição.

Chaz Davies (Aruba.it Racing – Ducati team)-P1: “Foi uma ótima corrida e adorei cada minuto”, disse Davies no domingo. “No entanto, foi diferente do sábado, pois tivemos que partir da terceira linha na grelha. Tivemos um bom começo e, nas primeiras voltas, ficamos com a liderança à vista, foi quando vi Rea a tentar fugir, tentei persegui-lo e Marco. Não foi fácil passá-los, mas depois ajustei o meu próprio ritmo e, tentei não cometer erros “.

“Fiquei surpreso com nosso ritmo de 1’36 altos, definitivamente melhoramos desde os testes que aqui fizemos o mês passado, e mostra o esforço de todos. Estou confiante para Portimão, mas agora vamos desfrutar desta dupla vitória e depois começar a preparar-nos para a nova batalha “.

Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team)-P2:” Estou extasiado após o resultado de ontem, não esperava lutar pela vitória, mas hoje, após o aquecimento, esperava estar forte, no final não pude fazer nada para evitar a vitória de Chaz, estava muito forte, parabéns para ele.O Marco também estava muito forte, tive que dar 100% para ficar à sua frente. A moto não estava confortável este fim de semana, com a  equipa fizemos o que podíamos. O problema desta pista foram os solavancos, que se traduziram  no comportamento da mota, em vez de me concentrar em pilotá-la estava a lutar com elapor isso foram muito difíceis estas 21 voltas, em que pilotei com o coração,  tentando acabar a corrida sem cair. Conseguimos 20 pontos com os nossos esforços, com os quais temos que estar felizes,  hoje o Chaz esteve melhor “.

 Marco Melandri (Aruba.it Racing – Ducati team)-P3: “Depois dos problemas que encontramos no sábado, não pensava em pudéssemos subir no pódio”, afirmou o italiano. “Mas, fizemos um excelente trabalho com a equipa, a mudar a distribuição de peso e o equilíbrio geral da moto. A Panigale R foi muito mais fácil de pilotar hoje e, senti-me  mais confortável. Infelizmente, a moto ainda se mexia muito em algumas curvas e perdia terreno nas acelerações. Tentei travar mais tarde para recuperar, mas cometi alguns pequenos erros e decidi garantir o pódio, pensando no que aconteceu na corrida 1 em Misano . Foi uma jornada positiva. Continuamos a aprender coisas novas na moto, as próximas pistas adequam-se  melhor ao meu estilo de condução. Estou confiante “.

A  próxima prova do WorldSBK  decorrerá em Portugal nos 15, 16 e 17 de Setembro.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.