O conceituado técnico Gigi Dall´Igna engenheiro da Aprilia durante mais de 20 anos, aceitou o desafio da Ducati e assinou um contrato com a rival da Italiana.

Uma das razões invocadas para esta mudança, foi que a Aprilia não ira fazer o investimento considerado necessário por Gigi, para desenvolver uma mota competitiva na classe de MotoGP apesar de ser claramente neste momento, a melhor mota da classe CRT e se falar de no próximo ano de a Aprilia ir apresentar um novo modelo com válvulas pneumáticas  e embraiagem tipo seamless como a Honda, mas desenvolvida pela marca.

Outra das razões a pesaram na balança, é o o facto de a  passagem da Aprilia  para os protótipos de MotoGP pela porta da equipa Aspar, terem sido gorados, em virtude de Jorge Martinez Aspar, dono da equipa ,ter recebido uma proposta da Honda para correr com a suas novas RCV de versão cliente de  1 milhão de euros por época. Para pagar esta moto Aspar conta com o apoio da Honda América e  a possível contratação de Nicky Hayden, mas nada está decidido, sendo tudo isto, especulações, não se sabendo também quais as intenções da Aprilia no que toca à sua entrada nos protótipos do MotoGP e qual a resposta que irá dar à Ducati … os tifosis pedem a contratação de Filippo Preziosi , pai da motor Desmocedici e o grande responsável pela passagem da Ducati das Superbikes para o MotoGP.

Uma última razão, mas talvez a mais importante,tem  a ver com o cheque que a Ducati colocou à disposição de Gigi, cujos montantes são desconhecidos e os meios colocados à sua disposição, na tentativa de tirar a Ducati do deserto que presentemente atravessa quer no WSBK quer no MotoGP.

Um desafio sem dúvida interessante e motivador para Gigi Dall´Igna para o qual desejamos os maiores êxitos.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.