O Benfica perdeu hoje em casa dos italianos do Nápoles por 4-2, em jogo da segunda jornada do grupo B da Liga dos Campeões de futebol, numa partida em que esteve a perder 4-0.

A formação napolitana inaugurou o marcador aos 20 minutos, com um golo de Hamsik, que fez o 1-0 com que as equipas chegaram ao intervalo.

Na segunda parte, 7 minutos de descalabro do guardião encarnado Júlio César permitiram ao Nápoles chegar aos 58 minutos a vencer por 4-0.

Aos 51 minutos, Mertens fez o 2-0 num golo de livre directo em que Júlio César parece mal batido.

Três minutos mais tarde, Milik marcou o 3-0 de grande penalidade a castigar falta do guarda-redes brasileiro.

O pesadelo de Júlio César agravou-se com uma saída em falso aos 58 minutos, que permitiu a Mertens bisar, elevando a contagem para 4-0.

O Benfica ainda esboçou uma reação, e reduziu o marcador com um golo de Gonçalo Guedes, entrado a substituir Carrillo, que fez o 4-1.

A 4 minutos do fim, Salvio, entrado também a substituir Fejsa, fez o 4-2 final, esbatendo os contornos de uma goleada que apesar de tudo não compromete as aspirações encarnadas.

A vitória deixa a equipa napolitana destacada no primeiro lugar com seis pontos, mais dois do que o segundo classificado, o Besiktas, que esta noite empatou em casa com o Dínamo de Kiev.

O Benfica caiu para o quarto lugar, com um ponto, os mesmo que os ucranianos, mas a apenas 1 ponto do segundo classificado, mantém intactas as aspirações de se apurar para os oitavos de final dacompetição

ZAP / Lusa

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui