O ator deu o seu ‘grito do Ipiranga’. Desde que se divorciou de Angelina Jolie, em setembro, que tem ouvido todo o tipo de acusações, principalmente vindas da antiga companheira.

Agora, Brad Pitt decidiu falar. Ou melhor, escrever. O ator acusou Jolie de comprometer a privacidade dos seis filhos e pediu a um juiz que impeça a divulgação de detalhes sobre os menores, que estão a vir a público depois do divórcio.

Segundo os documentos legais publicados nesta quinta-feira, dia 22, os advogados de Pitt afirmam que Angelina Jolie mostra pouco interesse pelo bem-estar dos três filhos e três filhas e que os representantes da atriz tentam manchar a imagem do pai para as crianças.

A equipa de defesa do ator argumenta ainda que Angie já violou o acordo que firmou para proteger a privacidade das crianças, com idades entre 8 e 15 anos, ao divulgar os nomes dos psicólogos da família.

Note-se que foi Angelina Jolie a pedir o divórcio devido a “diferenças irreconciliáveis” e foi ela que ficou com a custódia total dos filhos.

O ator, que chegou a ser investigado pelo FBI por maus tratos ao filho mais velho Maddox, pede a custódia física e legal partilhada dos filhos, com quem está impedido de passar o Natal.

// Move

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui