Dezasseis anos depois, o Cinema Trindade reabre portas ao cinema pelas mãos da Nitrato Filmes, devolvendo à cidade do Porto uma programação cinematográfica diária.

Mais de uma década e meia depois, o cinema Trindade reabre com duas salas de cinema, sobre orientação da Nitrato Filmes, que têm como objetivo “fazer ressurgir o cinema na Baixa com regularidade”. O Cinema Trindade renasce assim após ter fechado portas no final de 2000.

Segundo Américo Santos, diretor-executivo da Nitrato Filmes,   Cinema Trindade vai funciona em duas salas permanente mas em dois modos distintos. “Uma das salas será de exibição mais tradicional, acompanhando as estreias nacionais, dentro do cinema de autor. A outra funcionará numa lógica de programação distinta, com ciclos de cinema, sessões de festivais, em regime de acolhimento de iniciativas propostas por outros programadores e como uma espécie de casa do cinema português no Porto”.

Ainda sem data certa para a reabertura do Trindade, novembro é, no entanto, o mês previsto para o arranque da programação, logo que terminem as obras de reforma do espaço.

Os equipamentos de projeção serão novos, e adaptados à nova era do cinema digital, do espaço fará, igualmente parte um bar de apoio e uma pequena livraria temática, segundo o diretor executivo.

Espera-se assim que a partir de novembro o Trindade tenha em exibição vários filmes em cartaz em simultâneo e várias sessões ao longo do dia.  Tal como afirma Américo Santos “Podemos ter dez filmes ao mesmo tempo. Queremos trabalhar todos os públicos, do infantil ao sénior. Não queremos ser apenas uma sala de exibição, mas também de formação de públicos”.

iPG

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui