A Federação Internacional de Motociclismo (FIM) suspendeu provisoriamente o piloto Italiano  Andrea Iannone, de acordo com o Artigo 7.9.1 do Código Antidopagem (CAD) de 2019.

A decisão de suspender provisoriamente Andrea Iannone foi tomada depois de um laboratório credenciado pela WADA em Kreischa b. Dresden (Alemanha) ter encontrado numa amostra de urina recolhida no  dia 3 de novembro de 2019 aquando do penúltimo GP do ano, o Grande Prémio de Sepang -Malásia, uma substância não especificada nos termos da Seção 1.1.a) Esteróides androgênicos anabólicos exógenos (AAS) da Lista Proibida de 2019, .

Andrea Iannone tem se o entender, o direito de solicitar um novo exame através da análise de sua amostra B.

Andrea Iannone encontra-se assim suspenso provisoriamente desde  17 de dezembro de 2019 e,  impedido de participar de qualquer competição ou atividade de motociclismo até nova informação. De acordo com o Código Mundial Antidopagem e o Código Antidopagem da FIM, a FIM não pode fornecer nenhuma informação adicional no momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui