O FC Porto deixou escapar triunfo a 25 segundo do fim, ficando tudo em aberto na luta pelo título.

As atenções da 7ªjornada da fase final do Andebol 1, estavam todas viradas para o clássico entre as duas primeiras classificadas do campeonato, pairando a dúvida de quem seria o vencedor, atendendo aos desfechos imprevisíveis dos jogos entre estas equipas.

Os Dragões contavam com o fator casa para dar um passo de gigante rumo ao hexacampeonato, por sua vez os Leões tinham neste encontro a derradeira hipótese de manter vivo o sonho do título.

A partida começou repartida e equilibrada, com ambas as formações a pautarem o seu jogo pela agressividade defensiva e pela rapidez no ataque, levando a constantes alternâncias no marcador. O equilibrio entre as equipas era inegável, de tal forma que nunca a vantagem no resultado foi superior a 2 golos para nenhum dos lados. Ainda assim, ao intervalo a equipa leonina saiu em vantagem (14-15), fruto do menor número de falhas técnicas cometidas nos derradeiros minutos.

IMG_5927No arranque do segundo tempo, o Sporting dilatou a vantagem para 3 golos, aproveitando da melhor forma uma entrada forte e mais concentrada do que o seu adversário, mas rapidamente o FC Porto reagiu e deu a volta ao marcador, passando a liderar o resultado sempre pela margem mínima, mantendo o jogo vivo e emotivo. A faltar 40 segundos para o fim, a vitória parecia estar segura uma vez que os portistas lideravam o marcador por 28-27 e tinham a posse da bola, mas um passe errado de Wilson Davyes permitiu que o sportinguista Bruno Moreira restabelece-se a igualdade, terminando logo de seguida a partida com um empate que dá justiça ao jogo de equilíbrio que se assistiu no Dragão Caixa.

Com este resultado, os Dragões seguem no comando, com mais dois pontos do que os Leões, numa altura em que faltam apenas três jornadas para o fim da prova.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.