Sébastien Loeb superou as condições meteorológicas adversas e obteve a sua  segunda vitória Rally Dakar 2017.

O mau tempo abateu-se esta sexta-feira da 5ª etapa e fez com que esta terminasse ao  219 km de um total previsto de 447km. Depois da navegação da primeira parte do troço cronometrado, os pilotos não iniciaram a segunda parte pois esta foi neutralizada devido às enchentes do rio Oruro.

O notável que não se apresentou na linha de partida em Tupiza foi o vencedor de 2010, Carlos Sainz, devido aos danos no seu Peugeot consequência da sua queda no  desfiladeiro ontem.

Loeb lutou pela vitória nesta etapa com o espanhol da Toyota Nani Roma.

O francês conseguiu abrir uma distancia a meio do dia,  mas na parte final tornou as coisas mais difíceis e no final conseguiu a vitória por  apenas  44 segundos  de vantagem sobre Nani Roma.

O seu colega da equipa Peugeot,  o 12 vezes vencedor do Dakar ( em motas e carros)  Stéphane Peterhansel  chegou em terceiro e é o novo líder da geral.

A maldição no arranque das etapas, calhou outra vez a Cyril Despres que em conjunto com Giniel de Villiers, perdeu cerca de meia hora devido à navegação.

Sébastien Loeb: “É muito gratificante ter obtido já duas vitórias em etapas. A chuva era muito forte, acho que os organizadores tomaram a decisão certa ao neutralizar a etapa. Isso significou que tínhamos uma longa ligação de volta para o bivouac, mas quando se ganha  a etapa nada sabe mal. ”

Stéphane Peterhansel: ” Perdemos-nos duas vezes, mas acho que todos se perderam hoje,  por isso não foi um grande problema no final do dia. É sempre bom liderar a corrida, mas a diferença é muito pequena “.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.