Vários drones foram detectados, nas últimas semanas, a sobrevoar cadeias portuguesas. Uma situação que levanta suspeitas de que estes aparelhos telecomandados à distância estejam a ser usados para colocar arma, droga e telemóveis nas prisões.

Segundo o Jornal de Notícias apurou, foram vistos drones a sobrevoar as prisões de Braga, do Vale do Sousa e de Caxias, nas últimas semanas.

Num dos casos, em Braga, terá sido identificado o indivíduo que controlava o drone, que se tratava de um familiar de um dos presos da cadeia.

A análise ao drone terá concluído que este não tinha guardadas quaisquer imagens do estabelecimento prisional. O incidente ocorreu no passado dia 18 de Setembro.

Em Caxias, o drone foi detectado a semana passada e a voar já dentro do perímetro da cadeia, muito perto do chão, realça o JN.

Estes casos estão a alarmar os guardas prisionais, que temem que os drones estejam a ser usados para largar armas, droga e telemóveis no interior dos estabelecimentos prisionais.

Este fenómeno tem-se verificado noutros países, nomeadamente no Brasil e no Reino Unido.

ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.