“Durante a manobra de interceção, que durou cerca de 19 minutos, o SU-27 russo manteve inicialmente uma distância de nove metros, depois reduziu-a para três metros do P-8ª (Poseidon), o que é considerado perigoso e nada profissional”, disse o responsável, a coberto do anonimato, antes de um anúncio do Pentágono.

Um SU-27 russo

© ROBERT GHEMENT/EPA Um SU-27 russo

Moscovo já reagiu, afirmando que os caças russos que intercetaram aviões militares norte-americanos sobre o Mar Negro o fizeram “em estrito cumprimento das normas internacionais” quando aqueles tentavam espiar manobras militares russas.

O ministério da Defesa russo disse em comunicado que enviou caças SU-27 para vigiar os aviões norte-americanos P-8 Poseidon depois de eles “tentarem, por duas vezes, aproximar-se da fronteira russa sobre o Mar Negro sem os intercomunicadores ligados”.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.