O processo de substituição dos Galaxy Note 7 já está a decorrer, mas há relatos de que os novos modelos podem também sofrer de problemas.

O Wall Street Journal afirma que há clientes a queixarem-se de aquecimento excessivo e perda súbita de carga da bateria nos modelos já substituídos e equipados com as novas baterias – que deveriam ser seguras.

Num teste feito pela cadeia de notícias sul-coreana YTN, a bateria perdeu 26% da sua energia em apenas 39 minutos, o que lhe confere uma autonomia de apenas duas horas e meia.

A YTN refere que os novos equipamentos têm problemas de bateria no que diz respeito à autonomia e no próprio recarregamento.

A Samsung refere que são poucos novos casos e que não estão relacionados com a situação de explosão da bateria.

As baterias defeituosas foram identificadas como sendo fabricadas pela Samsung SDI, fornecedora que foi deixada de parte para os novos modelos.

Aberto até de Madrugada

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui