Um grupo de quatro assaltantes, portugueses e espanhóis, residentes em Monção, foi desmantelado pelas autoridades dos dois países, informou hoje fonte policial.

Os membros do grupo são suspeitos de terem assaltado um padre galego, que deixaram 12 horas amarrado em casa, segundo a mesma fonte.

Três das detenções – de dois homens de nacionalidade espanhola, de 30 e 59 anos, e de uma mulher portuguesa de 36 anos – foram realizadas na passada quinta-feira, próximo de Monção, em território espanhol.

A última detenção, desta vez do alegado cabecilha do grupo, de 32 anos e de nacionalidade portuguesa, verificou-se hoje, em Monção, e foi realizada pela GNR, acrescentou fonte ligada à investigação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui