A evolução do estado clínico do antigo Presidente da República Mário Soares registou hoje “uma regressão muito significativa do estado de consciência”, disse o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde está internado.

Segundo José Barata, que falava aos jornalistas às 13:00, esta regressão é “muito preocupante”.

Embora Mário Soares se mantenha sem necessidade de suporte técnico às funções vitais, não reage a alguns estímulos, adiantou a mesma fonte.

Depois de uma melhoria registada no passado dia 20, o estado clínico do ex-presidente da República agravou-se subitamente este sábado.

O antigo chefe de Estado continua na unidade de cuidados intensivos, para onde foi transferido “na sequência do episódio agudo registado na manhã deste sábado”, disse o porta-voz, escusando-se a adiantar quaisquer outros detalhes.

O médico Eduardo Barroso, sobrinho de Mário Soares, afirmou entretanto este domingo, em declarações à TVI 24, que Mário Soares “já não é o mesmo há algum tempo, e que o seu problema não se prende com questões físicas, sendo uma questão de foro cognitivo.

Terá sido uma “pequena hemorragia” a causa do agravamento do estado de saúde do antigo presidente da República.

“Está tudo a funcionar muito bem, o rim, o fígado, os pulmões, mas o tio já não é o tio Mário Soares há muitos meses, porque o que importa é a cabeça e falta interação cognitiva“, disse Barroso.

ZAP // Lusa / TVI 24

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.