O diretor clínico do hospital distrital da Figueira da Foz, Adriano Rodrigues, disse, esta quarta-feira, que duas pessoas morreram no naufrágio ocorrido, esta quarta-feira à tarde, na praia do Cabedelo, naquela cidade.

De acordo com o clínico, entraram oito pessoas naquela unidade hospitalar: cinco tripulantes do veleiro, alemães, e ainda três elementos da Polícia Marítima.

As duas mortes confirmadas são um tripulante do veleiro, de 47 anos, e um elemento da Polícia Marítima, de 41 anos, disse a mesma fonte. A causa das mortes foi afogamento, referiu.

Um veleiro naufragou, esta quarta-feira, na praia do Cabedelo, na Figueira da Foz, e a lancha da Polícia Marítima, que ajudava nas operações de socorro, também acabou por virar.

Dos outros quatro tripulantes do veleiro, dois estão feridos, com lesões traumáticas, e os outros dois apresentam sintomas de hipotermia, tal como os dois elementos da Polícia Marítima.

De acordo com estes dados revelados pelo hospital, não deverá haver já qualquer desaparecido no mar.

NOTICIA JN
foto FERNANDO FONTES GLOBAL IMAGENS
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.