Pobre exibição do Águas Santas abriu caminho para o regresso da equipa leonina ao topo da classificação.

 O Sporting CP visitou e venceu com facilidade a equipa do Águas Santas Milaneza por 29-36, em jogo antecipado da 6ªjornada da fase final do campeonato nacional. Num recinto normalmente difícil para os candidatos ao título, os Leões superaram com relativa facilidade um Águas Santas irreconhecível, conseguindo infringir a quarta derrota da época em outros tantos jogos disputados entre ambas as equipas.

Mário Oliveira
Mário Oliveira

Desde cedo se percebeu que o jogo ia ser tudo menos equilibrado, com o Sporting abrir a partida com um parcial de 5-0 e com a equipa maiata a marcar o seu primeiro golo apenas aos 7 minutos! Perante uma defesa muito passiva e permissiva, os Leões aproveitaram para cavar uma diferença no marcador suficiente para terem o jogo resolvido ainda na primeira parte. Ao intervalo o resultado espelhava o desequilíbrio entre as equipas, 12-20. No segundo tempo assistiu-se a uma tentativa de reacção do Águas Santas, mas o Sporting dominava o jogo em todos os capítulos, acabando por vencer com facilidade por 29-36.

No final da partida, o técnico do Águas Santas, Paulo Faria, mostrava-se conformado com o desfecho “Entramos mal na partida, contra uma equipa forte que joga de forma calculista e tivemos uma atitude menos positiva e entusiasta”.

Notas finais para as melhores exibições de ambas as equipas: do lado do Sporting destaque para a prestação do n.º13 , Frankis Marzo, autor de 9 golos, enquanto do lado do Águas Santas o destaque vai para o desempenho do jovem ponta Mário Oliveira, que foi um dos mais inconformados e mostrou que já merece ser aposta inicial de Paulo Faria.

Com esta vitória, o Sporting ascendeu à liderança do campeonato nacional, embora com mais um jogo do que o ABC e o FC Porto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui