Imprensa inglesa não perdoou o empate caseiro frente ao Burnley, jogo que viu Mourinho expulso por comentários ao árbitro

José Mourinho não tem a vida facilitada em Manchester. Depois de ter sido castigado pela Federação Inglesa por conduta imprópria antes do jogo frente ao Liverpool – Mourinho criticou a escolha do árbitro Anthony Taylor -, o técnico português viu-se novamente envolto em polémica durante o empate caseiro frente ao Burnley.

Mourinho não gostou de ver Mark Clattenburg não assinalar uma grande penalidade a favor do United, não se contendo nos protestos no túnel após a primeira parte. O árbitro não gostou e mandou Mourinho assistir ao jogo da bancada, sendo que o português continuou a enviar notas ao assistente, Rui Faria, e recusou-se a comparecer na conferência de imprensa após o jogo.

Quem não perdoa Mourinho é a Imprensa inglesa, com o Daily Mirror a relembrar ao Manchester United que já sabia quem estava a contratar, uma vez que Mourinho é conhecido pelos confrontos verbais com as equipas de arbitragem. O Daily Mail recorda que Mourinho enfrenta uma pesada suspensão, que poderá passar por vários jogos de suspensão ou até ser impedido de entrar no estádio em dias de jogo.

O Manchester United ocupa atualmente a oitava posição na Premier League, a oito pontos do líder Manchester City.

O Jogo

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.