foto : Rungroj Yongrit / EPA

De acordo com o jornal britânico The Independent, o rei tailandês reservou todo o Grand Hotel Sonnenbichl depois de esta unidade hoteleira ter recebido uma “permissão especial” das autoridades distritais para acomodar a comitiva de Maha Vajiralongkorn.

O jornal alemão Bild detalha que o grupo que acompanha o monarca de 67 anos inclui 20 concubinas e vários servos. Não se sabe se as suas quatro esposas estão a morar com o resto do grupo neste hotel alemão.

Todas as pousadas e hotéis da região foram obrigados a fechar devido à pandemia de covid-19. Contudo, um porta-voz distrital disse que o hotel que alojou o rei tailandês é uma exceção, uma vez que se trata de um “grupo único e homogéneo sem flutuação”.

Ainda de acordo com o jornal britânico, 119 membro da comitiva terão sido enviados de volta à Tailândia por haver suspeitas de infeção por covid-19.

Dezenas de milhares de tailandeses recorreram às redes sociais para criticar o isolamento do seu monarca. A hastag “Por que precisamos de um rei?” surgiu 1,2 milhões de vezes no Twitter 24 horas depois de um ativista ter revelado que Vijaralongkorn estavade férias na Alemanha, enquanto o surto se continuava a espalhar por toda a Tailândia.

Estes utilizadores arriscam-se a ser acusados de lesar o monarca. Segundo as leis em vigor na Tailândia, qualquer pessoa que ofenda ou critique a monarquia pode enfrentar uma moldura penal que vai até aos 15 anos de prisão.

Às 14h30 desta segunda-feira, a Tailândia registava 1524 casos positivos de covid-19, havendo registo de nove mortes e 229 pessoas recuperadas.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui