Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP indica que, através da Divisão de Trânsito de Lisboa, “procedeu à interceção de um condutor de uma viatura estrangeira, por estar associada em 148 processos contraordenacionais pendentes, por excesso de velocidade”.

“Os polícias da PSP conseguiram chegar à identificação deste condutor, após diligências investigatórias. As infrações foram registadas na sua totalidade nos túneis de Benfica, cujo limite de velocidade é de 70 quilómetros/hora, sendo que a primeira infração foi cometida em outubro de 2017. No total, o valor em falta para pagamento ascende aos 17.000euros”, refere o Cometlis.

Fonte policial explicou à Lusa que as contraordenações foram registadas pelos radares colocados nos túneis de Benfica no Itinerário Complementar 17 (IC17) – CRIL, salientando que o facto de a viatura circular com matrícula estrangeira dificultou a sua identificação.

O Cometlis acrescenta na nota que o automóvel em causa também se encontrava em situação irregular em território nacional (circulava com matrícula estrangeira há mais de seis meses), tendo sido apreendido até regularização junto da Autoridade Tributária e Aduaneira.

ZAP // Lusa

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui