Com a primeira posição na corrida e no  campeonato

P1 – Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK)

“Foi incrível e uma história semelhante a Misano com o Toprak na Corrida 2. Foi muito difícil, ele foi muito forte nas travagens, mas a minha equipa deu-me uma ótima moto e fisicamente neste fim de semana sent-mei muito bem, assim consegui para extrair o melhor potencial da minha ZX-10RR Nos treinos livres, fiquei um pouco insatisfeito com a configuração, e estávamos muito longe, a 0.9s do tempo de volta mais rápida, mas passo a passo chegamos com as três vitórias e de novo na liderança do campeonato, não consigo acreditar. Vamos continuar a trabalhar como estamos fazendo e vamos para Laguna na próxima semana que é outra boa pista para nós, gostei da atmosfera aqui com muita gente aqui em Donington e agora esperar e  ver o que acontece “.

O jovem Turco que cria imensas dores de cabeça a Rea

P2 – Toprak Razgatlioglu (Turco Puccetti Racing)

“Ontem com as condições de chuva não estivemos bem. Tentámos uma configuração semelhante a Misano mas não me sentia bem na moto que fugia muito atrás, hoje foi uma corrida seca onde me senti muito forte. A Tissot Superpole Race foi boa, mas não foi perfeita. Estivemos mais focados na Corrida 2, a mais importante para mim. Fiz um bom começo, segui Johnny e depois ultrapassei-o, tivemos uma pequena luta juntos, mas ele foi mais forte e rápido. Nas duas últimas voltas, tentei atacá-lo novamente, mas foi impossível. Estou feliz com outro pódio e agora veremos o que vai acontecer nos EUA “.

O piloto espanhol sensação do campeonato

P3 – Álvaro Bautista (ARUBA.IT Racing – Ducati)

“Hoje foi importante para nós terminarmos a corrida. Caímos na corrida 2  em Misano  e ontem outra vez.  Sabia que este era um fim de semana difícil para nós porque  lutamos muito neste tipo de pista com muitas curvas.Na corrida Tissot Superpole, tentei ficar com o grupo da frente, puxei o máximo que pude e fisicamente estava destruído ao fim das oito voltas porque a moto fugia muito e tive que gastar muita energia na tentativa de a manter em linha reta e não perder muito tempo à saída das curvas. Na corrida 2, tentei fazer o mesmo, fiz  um bom arranque e permaneci com o grupo da frente. Puxei forte e tive que usar o dobro minha energia, mas consegui terminar no pódio, e estou feliz porque lutamos muito este fim de semana. Agora temos que melhorar os pontos fracos de nossa moto, mas estou ansioso para a próxima corrida “.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui