Para quem viu a corrida no Twin Ring Motegi,  Fabio Quartararo (MB Conveyors – Speed Up) fez uma enorme corrida não dando hipóteses ao líder do Campeonato Francesco Bagnaia (SKY Racing Team VR46) no Motul Grande Prémio do Japão, e Lorenzo Baldassarri (Pons HP40), acabou em terceiro no seu 100º Grande Prémio.

No entanto, um enorme drama surgiu depois da corrida, com o francês a ser desqualificado por ter corrido com a pressão dos pneus da  Speed Up abaixo do mínimo necessário.

Isto significou que Bagnaia foi promovido à vitória, Baldassarri leva para casa em segundo e Oliveira conquistou mais um pódio.

Miguel Oliveira partiu da nona posição da grelha e terminou num honroso quarto lugar na corrida) num fim de semana difícil para KTM. Este ano foi a primeira vez que a marca Austríaca visitou o circuito japonês em condições secas, o que significa que tudo foi novo para a equipa e pilotos. O primeiro dia treinos foi pouco produtivo devido ao piso molhado e nos dois treinos de sábado foi impossível encontrar uma solução para as dificuldades encontradas.

Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo): “Hoje voltei a fazer uma excelente corrida, parti de nono e terminei em 4º. Depois do warm-up acreditei que podia ter um ritmo de corrida mais elevado, mas tive de lutar muito com a moto durante todas as voltas para conseguir sair das curvas com aderência. Felizmente não tive muitas batalhas durante a corrida e hoje foi este o resultado possível. Tenho que agradecer à equipa todo o trabalho e empenho, mas este é o preço a pagar por andar aqui com uma moto nova. Estou feliz por ainda estar na luta pelo campeonato, mas temos que nos concentrar em vencer corridas e tirar o máximo partido daquilo que temos. Vamos para Austrália bastante motivados, vêm aí circuitos onde historicamente somos fortes, o que  nos dá muito ânimo para encarar as últimas 3 provas do campeonato.

Classificações finais corrida

Classificação Campeonato Moto2™

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.