O Campeonato Mundial de Superbike MOTUL FIM 2020 começou da melhor maneira em Phillip Island com uma corrida cheia de emoção até ao final.

Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha WorldSBK Official Team) conquistou a vitória por uma das menores margens da história do WorldSBK. Apenas 0.137s separaram os quatro primeiros pilotos no final

Na partida o homem da pole, Tom Sykes (BMW Motorrad WorldSBK Team) perdeu a liderança para o atual campeão Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team), pilotando ambos os pilotos a par na pista até que Rea por fora não consegue evitar uma saída de pista, depois de um toque involuntária de Sykes. Rea conseguiu continuar, a corrida mas em 18º e último lugar. Corrida que terminou cinco voltas depois, quando caiu na curva 8.

Na 2ª volta das 22 da corrida, Scott Redding (ARUBA.IT Racing – Ducati) passou Michael Van der Mark (Pata Yamaha WorldSBK Official Team) na curva 1 e passou para o  segundo lugar, enquanto Sykes se manteve na liderança durante a primeira metade da corrida.

Van der Mark acompanhou Redding na luta pelo  segundo lugar depois do vencedor da corrida Razgatlioglu passar Sykes na curva 4  o que levou Sykes da primeira para a quarta posição em apenas quatro curvas, infelizmente o homem da pole ainda viria a cair mais dois lugares pois foi ultrapassado na volta 12 por Alex Lowes (Kawasaki Racing Team) e Leon Haslam (Team HRC).

A liderança de Redding na frente da corrida durou apenas três voltas, quando foi passado por Razgatlioglu e Van der Mark na curva 14.  Quando faltavam oito voltas, Razgatlioglu liderava a corrida com o companheiro de equipa Van der Mark.

A liderança de Razgatlioglu durou quatro voltas, sendo ultrapassado pelo companheiro de equipa Van der Mark que abriu uma margem alguns décimos para os rivais.  Para bem da corrida Razgatlioglu, Redding e Lowes acompanharam o ritmo de Van der Mark durante as últimas voltas da corrida.  Os quatro pilotos conseguiram-se afastar de Sykes e Haslam, o que significa que eram quatro os pilotos que perseguiam a vitória na primeira corrida da temporada.

Razgatlioglu conseguiu a vitória sobre Lowes e Redding com o trio separado por apenas 0,041s e Van der Mark a apenas um décimo atrás no quarto lugar.

Haslam (Team HRC) conseguiu manter o quinto lugar com o seu companheiro da equipa Honda, Álvaro Bautista, que partiu de 15º, depois de uma queda no Tissot Superpole, que não lhe permitiu rodar com o pneu de qualificação.  Bautista recuperou e terminou a corrida a apenas meio segundo atrás do companheiro de equipa.

Loris Baz (Ken Tate Racing Yamaha) terminou como o melhor piloto independente ao terminar onde começou a corrida em sétimo. Chaz Davies (ARUBA.IT Racing – Ducati) companheiro de Redding, terminou a corrida em oitavo, e o homem da pole Sykes terminou em nono.

Voltando ao pódio este foi na história do WorldSBK aquele em que os pilotos terminaram mais próximos.

Resultados corrida 1 _ Austrália

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui